As músicas que eu também escrevi

Escrevo poesias desde meus 10 anos. Era uma criança bastante tímida e escrever sempre foi uma maneira onde eu conseguia me expressar o mais próximo possível do que eu estava sentindo. De lá para cá, a produção de rimas sempre foi bastante frenética e, nesse vai e vem das palavras, o meu parceiro transformou um dos meus poemas em música. Lucas Adon compôs e gravou “Só Carolina Não Viu”, com referências a Chico Buarque, Tom Jobim, Cícero, Alberto Caeiro… (sim, eu amo Easter Eggs).

Você pode ouvir nas plataformas de streaming, como Spotify, e pode assistir ao vídeo que montamos dela, com as imagens do nosso casamento.

Ouça Lucas Adon no Spotify!

Casamos, mudamos de país e começamos uma vida renovada. Porém, a produção musical nunca parou aqui em casa e, durante a pandemia, vivíamos também o puerpério de “Madalena”. Obviamente, a fase se transformou em outra parceria e surgiu o single Madalena, com participação das lindas Jeca Mó (voz) e Bruna Caram (acordeon). Na dificuldade de criar um clipe no estilo Mad Max – por motivos de confinamento – fizemos outra produção misturando produções caseiras. O resultado também está em todas as plataformas possíveis:

Agora, estamos organizando o disco novo, que vai trazer outras composições onde participo também. O coração está feliz da vida. No fim das contas, tudo que desejo é conseguir atingir as emoções de quem ouvir de alguma maneira, fazendo com que a arte cumpra seu papel.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s