As músicas que eu também escrevi

Destaque

Escrevo poesias desde meus 10 anos. Era uma criança bastante tímida e escrever sempre foi uma maneira onde eu conseguia me expressar o mais próximo possível do que eu estava sentindo. De lá para cá, a produção de rimas sempre foi bastante frenética e, nesse vai e vem das palavras, o meu parceiro transformou um … Continue lendo As músicas que eu também escrevi

Culpa x ansiedade x gestação

Destaque

São 34 semanas carregando a bebê por aqui. Eu sei disso porque tenho um aplicativo. Não sei como minha mãe fazia para ter certeza de qual semana estava – é uma conta bem maluca e ainda não tenho certeza se entendi. Mas vamos lá. Trinta e quatro semanas de transformações tão malucas, que não saberia … Continue lendo Culpa x ansiedade x gestação

Sem resistência, nem banho quente

Destaque

A romantização atrapalha. Frustra. Porque você cria expectativas inacessíveis e, obviamente, elas não acontecem. Eu mudei de país. Estou morando em Barcelona e não tenho do que reclamar: vivo com o cara que eu amo e vice versa, me sinto cada vez melhor, tenho trabalhos incríveis, passeio, danço, faço parte de grupos de amigos que … Continue lendo Sem resistência, nem banho quente

Destaque

Carta aberta ao senhor novo presidente

Olá, sr. Bolsonaro. Como vai? Sabe, não sou católica. Não sou evangélica. Já fui, fervorosamente. Mas não sou mais. O meu Deus não é personificado. Ele é um sentimento muito forte e que eu consigo acessar de maneiras incríveis, diariamente, porque ele também não está longe de mim. Ele também não está acima de todos. … Continue lendo Carta aberta ao senhor novo presidente

Destaque

Afinal, o que tanto te incomoda?

Por um momento - um rápido instante de uns três dias - pensei: chega disso. Vou parar de me posicionar. Entendam, não é tão simples assim lutar. Me perdoem os fortes mas, às vezes, me sinto fraca. Mas estou recebendo uma chuva de amor e força tão grande, que sigo tentando. Este texto aqui - … Continue lendo Afinal, o que tanto te incomoda?

Se você me vir pelada, está tudo bem

Destaque

Eu tenho uma janela. E ela fica aberta o tempo inteiro – dia, noite, chuva, sol. Não tenho mais medo. Durante muito tempo, minhas janelas ficavam fechadas. Havia medo de bicho, do tempo ruim, de um ladrão. Durante boa parte da minha vida, mantinha ainda uma luz do corredor acesa, pois os fantasmas também pareciam … Continue lendo Se você me vir pelada, está tudo bem